É possível cuidar da beleza durante a gestação?

61

A gravidez proporciona alguns benefícios à beleza feminina, porém pode trazer consequências indesejáveis caso a mulher descuide-se do corpo e do rosto nesse período.

 

Máxima proteção solar 

As manchas são motivo de preocupação. Há um aumento na produção de melanina podendo alterar a pigmentação da pele, assim favorecendo o surgimento de sinais amarronzados. Utilize protetor solar com FPS acima de 30 durante o dia todo e evite ao máximo a exposição solar.

Os tratamentos clareadores, especialmente aqueles à base de ácidos, são contraindicados, mesmo os home care – menos agressivos. 

 

Hidratação da pele

Com o aumento dos seios e abdômen logo no primeiro mês, há risco de as fibras se romperem, ocasionando estrias devido à pele se distender rapidamente. 

Inicie a hidratação e a nutrição da pele utilizando óleos e cremes à base de elastina e silício. 

Deve-se evitar a hidratação dos mamilos para que eles não fiquem muito sensíveis e com predisposição a rachaduras durante a amamentação.

Lembre-se de que gestantes não podem usar substâncias antiestrias, como o ácido retinoico, nem hidratantes à base de ureia, que têm ação mais intensa.

 

Repouso das pernas

Com aumento de peso, a formação de varizes é potencializada devido à dilatação das veias e ao aumento da circulação sanguínea. 

Evite passar muitas horas em pé ou sentada e repouse diariamente com as pernas elevadas. 

Após o segundo trimestre, com autorização do obstetra, a drenagem linfática pode ser realizada. Ela descansa, diminui o inchaço, melhora a circulação e previne contra a celulite. Em casa, a aplicação de cremes e óleos em movimentos ascendentes antes de dormir ativa a circulação e alivia tensões.

 

A gestação é um momento de muitas mudanças físicas e psicológicas. A grávida pode e deve fazer tratamentos para melhorar sua estética, porém sempre com acompanhamento especializado.




Deixe um comentário