Diretor da APEP recebe título de doutor pela UFPR

62

O presidente da APEP, Eroulths Cortiano Junior, e o membro do Conselho Fiscal, Alexandre Barbosa da Silva, participaram da banca

O procurador do Estado, associado e diretor de planejamento da APEP, Marco Antonio Lima Berberi, defendeu, com sucesso, sua tese de doutorado no Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Paraná (UFPR). O presidente da APEP, Eroulths Cortiano Junior, foi o professor orientador da tese intitulada “A arte após a morte do artista: sucessão hereditária e direitos autorais”.

A banca de avaliação da tese contou com a presença do associado e membro titular do Conselho Fiscal da APEP Alexandre Barbosa da Silva, que representou a UNIVEL. Ainda compuseram a banca que aconteceu no último dia 5 de julho, os professores doutores Sérgio Staut (UFPR), Maria José Justino (EMBAP) e Marcelo Miguel Conrado, advogado e artista plástico, professor do Núcleo de Prática Jurídica da UFPR, que já teve obras suas expostas na sede da APEP.

Graduado em Direito pela UFPR em 1993, Berberi é coordenador do curso de Direito da UniBrasil, universidade onde leciona desde 2002, e coordenador geral da Academia de Direito do Centro Europeu. Autor de obras na área de Direito, Marco Antonio Lima Berberi já foi procurador-geral do Estado em 2010, diretor geral da Secretaria de Segurança Publica, chefe da Coordenadoria Técnica –Jurídica da Casa Civil do Governo do Paraná, ex-presidente do Instituto de Pesos e Medidas do Paraná (IPEM) entre outros cargos.




Deixe um comentário